18 de set de 2015

Resenha: De almas postas - Edgar Nogueira Lima

Título: De almas postas
Autora: Edgar Nogueira Lima
Nº de Páginas: 70
Editora: Reflexão

Primeiramente quero deixar claro que essa é uma resenha difícil de se escrever pois esse livro toca a alma e o coração e foi difícil conseguir palavras para expressar as emoções que esse livro me causou durante a leitura, mas vamos lá.

De almas postas é o primeiro livro do Edgar Nogueira e ele é dividido em um Menu de bebidas, onde em cada bebida você experimenta diversas poesias que devem ser sentidas de maneira única.

O "menu" contém café, vinho, champagne, chocolate quente, água tônica, água de coco, Ice Tea, refrigerante e suco. Escolha sua bebida e se delicie nessas maravilhosas poesias. 

Esse livro não deve ser lido com pressa e a cada poesia lida o leitor deve perceber o contexto que ela quer lhe passar, porém, não procure nas palavras, tente sentir o que elas tem a lhe transmitir. 


Eu achei que quando fosse ler o livro seria apenas mais um livro de poesias que seria lido de maneira "automática", porém, Edgar conseguiu me prender de uma maneira que a cada poesia lida, eu sentia algo diferente, pois as palavras tocam a alma e o coração do leitor.

Esse livro é para ficar na cabeceira da cama, para que todo dia você possa pegar o livro e ler pelo menos uma poesia para começar bem o dia. 

Essas divisões em estilo Menu me chamou bastante atenção pois é uma maneira bem diferente de se dividir um livro. A diagramação está ótima e a leitura flui super bem.


24 comentários:

  1. Oi Eli, tudo bem?
    Gostei da resenha, olivro parece ser realmente tocante, principalmente se vocÊ é do tipo que curte poesias. Dividir os capítulos "como bebidas" é bem criativo, gostei dessa parte.

    ResponderExcluir
  2. Oii, Eli!
    Gostei bastante da sua resenha! Sei como é difícil escrever sobre um livro que toca a gente.
    Fiquei bem interessada no livro, apesar de não ler muita poesia, o modo como o livro foi dividido em menus me chamou a atenção.

    Beijos,
    Deh
    http://sacudindoaspalavras.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Desesperada pra ler, viu, Eli... Agora, foi vc quem tocou minha alma e meu coração. Valeu. bjs

    ResponderExcluir
  4. Nossa que legal quando um livro toca tão profundamente a gente.
    Eu não gosto muito de poesias, gosto das poesias épicas, mas são poucas as que me toca.
    Achei bem criativo o autor usar um Menu para expor suas poesias.

    www.poyozodance.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  5. Oie!
    Nossa, que resenha linda, Elileudo. É tão bom quando somos surpreendidos com um livro, que até nos faltam palavras para descrevê-lo. Não conhecia a obra, mas suas palavras já me deixaram super instigadas a procurá-la e adquiri-la. Além disso, achei muito interessante e criativa, a forma do autor conduzir a narração, separadas por menu.

    Beijos,
    Dai | www.cheirodelivronacional.com.br

    ResponderExcluir
  6. Adorei sua resenha, fiquei com muita vontade de pedir um menu também, não sou de ler muito poesias, mas esse livro me encantou.

    http://poyozodance.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. OIii!

    Eu não tenho o costume de ler livros de contos cronicas ou poesia. Embora a leitura me agrade muito, não é o meu estilo favorito. Fiquei tocada e curiosa com o fato desse livro ter mexido tanto contigo! O autor fez uma coisa incrivel em separar por bebidas <3


    Beijinhos!
    www.entrechocolatesemusicas.com

    ResponderExcluir
  8. Que resenha linda, quero muito ler esse livro Eli. Adorei a idéia do "Menu".
    É muito bom quando um livro nos surpreende assim.. *--*
    Querooooo Ler logooooo!!

    ResponderExcluir
  9. Olá!

    Caramba, se esse livro mexeu com você, então as mensagens são fortes mesmo! Eu não o leria por ser de poesias, não é meu gênero favorito, mas pra quem gosta, é um prato cheio. Gostei do menu, dividido por bebidas.

    resenhaeoutrascoisas.blogspot.com

    ResponderExcluir
  10. Olá,

    É muito bom, ler um livro que te faz sentir tais sentimentos que nunca sentiu né??? Sou assim com muitos livros. Mesmo não sendo meu gênero favorito de leitura, gostei do que o mesmo propõem.

    beijos

    ResponderExcluir
  11. É tão bom ler poesia quando se levanta pela manhã. Meu ex namorado fazia isso e o tornava mais leve, haha. Gostei da dica, anotei aqui.

    ResponderExcluir
  12. Gostei da resenha! E me senti assim também quando li Por lugares incríveis, já faz 3 semanas que começei a resenha e ainda não terminei...

    Abraços, Miguel do Demasiadamente Lendo

    ResponderExcluir
  13. Olá!
    Não conhecia o livro mas me interessei, adoro poesias e fico ainda mais interessada quando o leitor fica sem palavras para expressar o que sentiu ao ler. Espero conseguir ler algum dia! Parabéns pela resenha!

    Beijos!
    http://lovesbooksandcupcakes.blogspot.com.br//

    ResponderExcluir
  14. Oie! Adoro poesias, acho que eu vou curtir bastante o livro! Bjos

    http://porredelivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  15. Olá!
    Até hoje só li um livro de poesias, e fui meio obrigada, a leitura não foi a mais prazerosa do mundo, mas estou pensando em dar outra chance a elas e ler esse, ele me parece muito legal,adorei essa ideia das bebidas.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  16. Oi!
    Parece ser um livro ótimo, mas eu não consigo gostar de poesia, prefiro livros em prosa. Mas este parece ser um bom livro para quem curti o gênero.

    B-jussss!
    http://www.quemlesabeporque.com/

    ResponderExcluir
  17. Olá Elieudo,
    Faz muito tempo que não leio uma poesia, e pela sua resenha, consegui perceber que o livro realmente te tocou em vários aspectos e fico contente com isso. A sensação de ser tocado tão intensamente por uma obra é sempre muito mágico.
    Parabéns pela resenha e sucesso ao autor!

    Beijokas

    Paraíso das Ideias

    ResponderExcluir
  18. Não conhecia esse livro, essa é a primeira resenha que leio sobre ele e fiquei interessada na leitura desses poemas. Muito legal a forma que o autor dividiu tudo com nomes de bebibas, achei bem original.

    Beijos

    ResponderExcluir
  19. Não conhecia esse livro, essa é a primeira resenha que leio sobre ele e fiquei interessada na leitura desses poemas. Muito legal a forma que o autor dividiu tudo com nomes de bebibas, achei bem original.

    Beijos

    ResponderExcluir
  20. Eu não conhecia o livro, mas gostei bastante de tudo que você falou sobre ele.
    Me parece ser uma leitura que provavelmente irei gostar.
    Mas vou ver se leio mais pra frente, porque agora ando atolada, mas mesmo assim parabéns.
    Adorei saber a sua opinião sobre ele =]

    http://lovereadmybooks.blogspot.com.br/2015/09/resenha-o-legado-da-caca-vampiro.html

    ResponderExcluir
  21. Oi Eli, tudo bem?
    Não conhecia o livro e nem o autor, mas deu para perceber que o livro realmente é daqueles que tocam a gente. Vou deixar a dica anotada, pois amo poesias.

    Bjs, Glaucia.
    www.maisquelivros.com

    ResponderExcluir
  22. Boa tarde Eli, tudo bom?
    Então...
    Gente, um livro de 70 páginas te tocou assim? Fiquei curiosa. Vou caçar o ebook na Amazon
    Bjs
    Tay do Let it Shine

    ResponderExcluir
  23. Boa Noite, tive o prazer de ler este livro e está sensacional!!! Parabens ao Ed!!

    ResponderExcluir
  24. Oie, tudo bem? OMG que capa mais perfeita, é simplesmente apaixonante. Ainda não conhecia esse livro, mas gostei bastante da proposta. Sua resenha ficou ótima. Beijos, Érika

    ~www.queroseralice.com.br~

    ResponderExcluir

Próxima Página