1 de fev de 2015

Resenha: Churumela e o Amuleto de Belizar - Elaine Souza

Título: Churumela e o Amuleto de Belizar
Autor: Elaine Souza
Nº de Páginas: 440
Editora: Dracaena 

Recebi o livro da parceria firmada com a autora e fiquei um pouco receoso pela leitura, mas venci o receio e me apaixonei pela Churumela, a garota órfã que conquista o leitor com seu jeito divertido e ao mesmo tempo irritante de ser.

Churumela é uma garota que mora sozinha após a morte de seu pai por um câncer. Ela trabalha em uma lanchonete onde seu patrão é o Peixotão, onde a protagonista faz várias piadas com ele na estória. 

O livro se divide em três partes, que são Eu, Bakía e O Amuleto de Belizar, respectivamente. Onde em cada parte somos levados a lugares e somos apresentados a personagens diferentes. Dentre esses personagens, conhecemos Paulinha, a vizinha de Churumela que lhe entrega um presente um tanto peculiar, uma folha em branco e um espelho quebrado, que foi deixado para ela. Conhecemos também Xadrez, um cão um pouco estranho que a personagem desconfia que ele não seja desse mundo. Além de Rafael, um garoto por qual Churumela se apaixona e o garoto também tem um queda por a nossa protagonista, porém, seu passado os impede de ficarem juntos. Dentre outros personagens que nos fazem companhia no decorrer da estória. 

Não posso esquecer de Kailus, um grandalhão com um chapéu estranho que Churumela insiste em nos lembrar sempre. 

Porém as aventuras de Churumela começam quando ela conhece Kristian e seus dois amigos, eles estão atrás da garota e estão dispostos a não permitir que Kailus a leve para Bakía, com isso serão capazes de perseguir Churumela até que consigam o que querem. 
Será que Churumela irá conseguir escapar dos seus inimigos? E quem realmente ela é? São coisas que perturbam a cabeça da garota e que ela tenta descobrir de todas as maneiras, uma simples adolescente que de um dia para o outro descobre que magia realmente existe, que ela é uma princesa e que por essa razão é a maior envolvida em tudo isso.


A diagramação do livro é simples o que torna a leitura agradável e rápida. A folha é amarelada e a fonte com um tamanho agradável. O livro é um pouco grande, mas quando você se dá conta já está na metade da leitura. 

Outro ponto positivo é que a personagem conversa diretamente com o leitor, onde você se sente dentro da estória. E um ponto negativo são os erros que encontrei durante toda a leitura do livro. Mas se tiver mais uma revisada o livro fica perfeito.

Enfim, recomendo o livro para quem gosta de uma estória envolvente e divertida, e que curte acompanhar o personagem bem de perto. Ah, teremos continuação, então aguardem.

4 comentários:

  1. Oi, Eli! Tudo bom???

    Ótima resenha, porém não fiquei interessado em ler o livro. Quem sabe um dia, né?! Ele tem cara de ser bom, mas não faz muito meu estilo.

    Grande abraço,
    www.falandoemlivros.com

    ResponderExcluir
  2. Eu amei ler esse livro Eli <3 Foi tão leve e fluída :)
    Adorei a estória e quero ler o próximo já, rs.
    XOXO
    http://garotaliterary.com

    ResponderExcluir
  3. Oi, Eli o/
    Eu já tive oportunidade de ler esse livro e gostei bastante, a Churumela é uma garota super engraçada e as aventuras dela são ótimas *o* Enfim, eu gostei bastante da sua resenha e fiquei feliz ao ver que você também gostou da leitura.

    Beijos :*
    Larissa - http://srtabookaholic.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. Oi Eli!
    Já li algumas resenhas sobre o livro e me interessei bastante. Só pelo nome já dá para imaginar o quanto a leitura é divertida, pois leio o nome "Churumela" e um sorriso já se forma no canto da boca..rs
    Quero muito conhecer Churumela e suas aventuras!
    Ótima resenha!
    Beijos

    Li
    literalizandosonhos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir

Próxima Página