15 de mai de 2015

Resenha - Jogos Vorazes




Título: Jogos Vorazes
Autor: Suzanne Collins
Nº de páginas: 397
Editora: Rocco

"Que a sorte esteja sempre a seu favor."


Jogos Vorazes é uma distopia, ou seja, uma história narrada num futuro marcado por uma realidade opressiva e um governo controlador. Ambientada onde hoje seria os Estados Unidos, a narração nos leva até o continente Panem, dividido por uma Capital e 13 distritos. Porém, o décimo terceiro distrito foi riscado do mapa há 74 anos por conta de uma rebelião fracassada, esmagada pela Capital e seu governo dominador. Por conta desses anos de guerra, a Capital criou os Jogos Vorazes... Um jogo no qual é escolhido um tributo de cada distrito - um feminino e outro masculino -, no qual devem lutar entre si até o último permanecer vivo.  O vitorioso desfrutará de riqueza e status pela capital. 

E no caos do distrito 12 é que vive a corajosa e batalhadora Katniss Everdeen, uma adolescente de 16 anos que caça ilegalmente para manter sua irmã e sua mãe viva. Porém, o distrito 12 é muito pobre ao ponto de muitos correrem o risco de morrer com fome. Katniss luta arduamente para trazer comida para sua mãe e sua irmã mais nova. Acontece que Katniss tem certo medo de ter seu nome chamado para participar dos Jogos Vorazes, já que ela está mais de uma vez no sorteio de tributo feminino, no qual colocou em troca de alimento para ela e sua família, o que mais lhe preocupa é o medo que sua irmã tem já que é o seu primeiro ano de colheita (A Colheita é o dia em que os tributos são sorteados e vão para os Jogos.)
No dia exato da colheita, todos estão reunidos no centro do distrito 12 para prestigiar o “grande momento” em que um casal de tributo é chamado para lutarem entre si até a morte. Quando tiram o primeiro tributo feminino, a tirinha que está no sorteio vem com o nome de prim, irmã mais nova de Katniss. Mas sem pensar duas vezes, Katniss se oferece como tributo no lugar de sua irmã, então tudo começa a mudar. O sexo masculino posteriormente é chamado, Peeta. 

No decorrer da história, Peeta e Katniss vivem uma espécie de romance onde o leitor, em certos momentos, fica confuso, pois sempre ficará uma dúvida no ar: será que Peeta realmente gosta de Katniss? Ou será que Katniss ficará com Peeta? A história gira em torno de um jogo brutal e uma luta interior de Katniss, a jovem batalhadora, por vezes se indaga se realmente gosta de Gayle (seu companheiro fiel de caça que aparenta gostar dela) ou se gosta de Peeta, seu amigo de Luta que quase morreu em favor dela. 

Achei o livro muito bem construído, o enredo da história é sensacional, podemos diferenciar cada personagem com traços semelhantes as suas atitudes, a História é muito bem escrita ao ponto de você se surpreender, ficar se imaginando realmente nos Jogos vorazes. Uma das partes que mais admiro da escritora Suzanne Collins nesse livro foi passar para o leitor esse cansaço e fadiga de uma pessoa que está a um fio de ser morta, a elaboração e as riquezas detalhadas de conhecimento e criatividade realmente nos faz “sentir” muita coisa no livro e para mim quando o autor consegue isso merece meus parabéns. Um livro que arrancará do leitor suspiros e sorrisos, lágrimas e angústias. Você vai torcer, chorar, gritar, pestanejar e ainda vai querer mais.


Um comentário:

  1. Oi Igor,
    Eu adoro Jogos Vorazes, mas prefiro Em Chamas. A trama fica mais política e menos mimimi Katniss x Peeta x Gale. O triângulo amoroso, na minha opinião é a única coisa chata no decorrer dos livros, mas a história é mais do que genial. Amo o universo que Suzanne criou. <3 Ótima resenha!

    Beijos,
    Mari Siqueira
    http://loveloversblog.blogspot.com

    ResponderExcluir

Próxima Página