20 de set de 2014

Resenha: Atemporal

Título: Atemporal
Nº de Páginas: 235
Editora: Novo Século

Atemporal nos coloca em dois tempos distintos ao mesmo tempo: 1983 e 2023, onde conhecemos no primeiro ano Rico e seu parceiro André Garcia, ambos policiais que trabalham na 14ª Delegacia de Polícia de São Paulo, onde os dois que são grandes amigos estão envolvidos em uma investigação sigilosa envolvendo pessoas de "grande poder" e o tráfico de drogas. É com essa investigação que entramos no mundo policial com direito à tiros, cativeiro e uma bela investigação.

Após esse desfecho somos levados ao ano de 2023 onde o autor nos apresenta Lucas que é filho de Rico que já está aposentado e além de Lucas tem mais duas filhas gêmeas que são modelos mundialmente famosas. Lucas seguiu a carreira policial do pai e em um dia de trabalho comum recebe informações muito estranhas que podem ajudar a solucionar um caso que aconteceu a 40 anos atrás. Com essas informações, Lucas começa uma investigação que vai ficando cada vez mais estranha e após achar uma pista sobre o caso de 1983 que se liga com 2023, uma suposta "máquina do tempo", o detetive resolve deixar tudo em sigilo, já que é algo inacreditável e meio "maluco".

Enquanto Lucas tentar encontrar respostas para a investigação ele recebe avisos de um informante desconhecido sobre diversas coisas como o detetive deve agir e onde e quem procurar. Além dessa ajuda anônima, o detetive conta com a ajuda de seu pai Rico, e também há Dani, uma colega de trabalho de Lucas que acaba desenrolando um caso amoroso entre os dois no meio de todo esse enredo.  


A cada virada de página o autor consegue nos fazer perder o fôlego como somente bons livros policiais conseguem fazer com o leitor. A narrativa é em terceira pessoa onde conseguimos ter uma leitura mais completa da obra. Além disso, o autor utilizou uma linguagem espontânea e leve, com alguns momentos repletos de humor e cenas que deixam o leitor com o coração na mão. 

Depois da leitura entendi o que Rodrigo colocou no meu autógrafo: "Espero que ao ler esse livro não sinta o tempo passar" e realmente você não vi.


Foi uma ótima leitura e convido a todos a entrarem nessa investigação que garanto que não irão se arrepender. 

2 comentários:

  1. Que ótima resenha, Elileudo! Muito obrigado! E fico muito feliz que tenha gostado do livro! ;-)

    ResponderExcluir
  2. Olá, Eli!

    Ótima resenha! Me interessei bastante pelo livro. Sério!

    Abraços,
    www.falandoemlivros.com

    ResponderExcluir

Próxima Página