1 de jun de 2014

Caixinha de Correio: Maio


Olá gente! Teremos essa mais nova coluna no blog, como podem ver, vai ser chamar Caixinha de Correio. Nessa coluna, vou postar mensalmente o que chegou pelos correios para mim. Aqui terá os livros de parcerias e de compras e as cartas do Projeto Troca de Cartas. Cada livro acompanha sua sinopse. Mas vou deixa de enrolação e vou apresentar o que chegou no mês de maio para mim *0*

O Mago de Camelot - Marcelo Hipólito
De uma infância pobre e sofrida à irresistível ascensão aos salões dos grandes reis; de um começo sem esperanças ao despertar de um poder inigualável e temido, Merlin vem a se tornar o homem mais influente da Idade das Trevas. Confidente supremo do rei Artur e maior conselheiro da corte de Camelot. Misterioso e enigmático. Amado e odiado. Druida, monge e mago. Na Britânia do Século V da Era Cristã – abandonada pela queda do Império Romano à barbárie dos invasores saxões –, Merlin surge para impor um novo tipo de rei a um povo abatido e desesperado, alterando, para sempre, não apenas o destino dos britânicos, mas de toda a humanidade. A saga de um homem determinado a erigir uma civilização de paz e justiça numa terra devastada pelo caos e pela guerra irrompe em uma aventura épica e brutal que equilibra realismo duro com doses amargas de magia. "O druida, então, abriu um sorriso malévolo aos soldados saxões. Hengist gritava às suas tropas para se manterem firmes, mas sua vanguarda ruía à medida que um resoluto Merlin avançava, a passos largos, na sua direção. A defesa saxônica se fragmentava perante o pavor supersticioso imposto pela figura aterrorizante do druida. Face à derrota iminente, Hengist se desesperou, girando seu machado e galopando para Merlin. O druida estancou diante do ataque rápido e brutal do rei saxão. Sem tempo para conjurar um feitiço protetor, Merlin percebeu, tardiamente, a estupidez de seu erro. Em sua soberba e imaturidade, ambicionara vencer sozinho a batalha. Agora, contudo, sua queda restauraria o ânimo dos saxões, desgraçando o contingente britânico. Merlin experimentou o fragor das narinas do cavalo e o tremor do solo sob seus cascos potentes. O machado de Hengist se projetou para lhe separar a cabeça dos ombros".

Escrito Sob Fogo e Sangue - Adrieni Yassine
Um amor marcado por séculos de luta ESCRITO SOB FOGO E SANGUE – A DECISÃO é uma viagem no tempo, em um futuro no qual o mundo é muito diferente do que conhecemos hoje. As histórias de amor e de luta são recheadas de magia, fogo e sangue. As raças expulsas, bruxas e magos iniciam seu retorno para o planeta azul. Elas se misturam, se amam e se odeiam. Afinal, viveram com os humanos. O equilíbrio está na superação individual, as diferenças são marcadas por Kir e Destroc, os pais do redentor, aquele que unirá as forças de todas as raças. Mas esta história teve seu início há muitos séculos. O passado e o futuro se misturam no inacreditável. A esperança dos humanos, o sangue que alimenta os vampiros, o impulso animal que protege os lobisomens e a magia e o fogo que orienta os magos e bruxas.

Esta história está diferente - Dez contos para canções de Chico Buarque - Mia Couto, Cadão Volpato, Luis Fernando Verissimo, João Gilberto Noll, André Sant'Anna, Carola Saavedra, Mario Bellatin, Rodrigo Fresán, Alan Pauls, Xico Sá (Ganhei esse da Cecília)
CANÇÕES DE CHICO EM PROSA DE PESO
Quatro autores estrangeiros e seis brasileiros recriam o cancioneiro do compositor em 'Essa história está diferente'
(Matéria do jornal 'Estado de São Paulo', publicada no Caderno 2 de 21/5/2010)
Chico Buarque não começou sua carreira como cantor ou compositor. Na adolescência, foi contista e cronista, escrevendo num jornal de colégio progressista dirigido por padres, antes de ser consagrado como escritor e receber prêmios importantes (como o Jabuti por Budapeste, em 2004). Talvez por isso as letras de suas canções estejam impregnadas de cifradas citações literárias - de Eurípides (Gota d'água) a Maupassant (Geni) - e exerçam atração incomum sobre outros autores. Dez deles foram selecionados pelo escritor e jornalista Ronaldo Bressane (autor de Céu de Lúcifer) para recriar em prosa o cancioneiro de Buarque no livro 'Essa história está diferente', que chega às livrarias dia 27 e reúne dez contos de autores brasileiros e estrangeiros. Integram a última lista os argentinos Alan Pauls e Rodrigo Fresán, o mexicano Mario Bellatin, o moçambicano Mia Couto. Os seis brasileiros são o mineiro André Sant'Anna, o paulistano Cadão Volpato, a carioca Carola Saavedra, os gaúchos João Gilberto Noll e Luis Fernando Verissimo e o cearense Xico Sá.
Bressane não dirigiu os ouvidos de seus convidados. Concedeu a eles total liberdade para a escolha das canções, reinterpretadas ou simplesmente usadas como pretexto para a construção desses dez contos, concebidos em diferentes registros, que vão do cômico (caso da "versão" de Verissimo para 'Feijoada completa') à tragédia social (a dos meninos de rua contada por André Sant'Anna com base na canção 'Brejo da Cruz'). Entre o riso e o siso há lugar para uma viagem nostálgica de João Gilberto Noll, que toma a canção 'As vitrines' como guia do conto 'A calça branca', mudando o sexo dos personagens ao fazer da figura entrevista nas vitrines de uma galeria um homem que foi o primeiro amante do observador. Ele o vê à saída do cinema, acompanhado de um jovem com idade para ser seu filho. Nada demais. Também Chico se colocou no lugar de várias mulheres para compor canções hoje clássicas como 'Folhetim', revista e ampliada por Xico Sá no conto 'Um corte de cetim'.
A canção fala de uma mulher fácil que fica feliz com uma pedra falsa ou um corte de cetim. A de Xico Sá é ainda mais libertina. Desmoraliza o companheiro traído, dividindo o corte de cetim vermelho que ganhou de presente com o amante para confeccionar suas fantasias de carnaval. Desse conto suburbano surge o retrato de um Brasil rodriguiano de que trata também Luis Fernando Verissimo em 'Feijoada completa', baseado na canção homônima. O protagonista do conto é um sujeito folgado, que leva os amigos para tomar cerveja e comer o prato típico preparado pela patroa. Verissimo segue fielmente a letra, mas faz Carolina cozinhar a feijoada numa panela de pressão e ignorar o marido tosco, imitando no espelho Jeanne Moreau ao puxar o canto da boca e soltar um "pauvre type".
Curiosamente, os autores estrangeiros são mais solenes ao retrabalhar as canções de Buarque. O argentino Rodrigo Fresán, um dos grandes nomes das nova geração de escritores portenhos, transforma 'Outros sonhos' num impressionante conto sobre uma mulher em coma que dá à luz um garoto, cujo destino não será muito diferente. Adulto, ele receberá uma bala no cérebro e também entrará em coma. Alan Pauls retrabalha o conflito do casal de Ela Faz Cinema. O mexicano Mauro Bellatin, que não tem um braço, relata uma experiência pessoal e usa 'Construção' como metáfora. Finalmente, o moçambicano Mia Couto fala de um caso de traição para recontar 'Olhos nos olhos'. Tocante.

A Ilha de Kansnubra e o portal perdido - Andrews Ulisses
Garley é um tímido estudante de dezesseis anos que encontra um misterioso medalhão de ouro e é transportado a uma ilha chamada Kansnubra. Localizado no enigmático Triângulo das Bermudas, este fantástico lugar é palco de mago, bruxas e dragões. Para encontrar o portal perdido e retornar a sua vida normal, Garley deverá criar coragem e cumprir uma missão. Com a ajuda de Aldrich, Johnny, Laura, Jorge e Alix, eles partem em direção ao Monte Tylan, mas monstruosas criaturas e poderosos inimigos cruzam o caminho dos jovens. Será que Garley conseguirá enfrentar seus medos e alcançar o objetivo?
O autor mandou o Catálogo Artístico Literarte também :)

Crônicas e Absinto - Camila Gatti
O que você quer da sua vida? Está na fase em que somente a correria do dia a dia não o preenche mais? Sente um vazio existencial ou cansou do joguinho de depositar no outro suas expectativas, seu amor, seu futuro, seus sonhos, sua vida ou até mesmo suas frustrações? Pensa que chegou a hora de dar uma guinada na vida e ser uma pessoa melhor, realmente ser feliz e realizada? Ter o que oferecer ao outro, a si mesmo e ao mundo é maravilhoso: a contribuição de cada ser humano é essencial, tal qual cada grão de areia na praia. Convido você a fazer uma reflexão, a fi­m de participar deste fascinante mundo da evolução; muito se fala, pouco se faz; muito se perde nos ruídos e no excesso visual mundano. *Está na hora do divino iluminar cada um.* Seja na arte, nos campos da ciência, na medicina, nas exatas e na religião, somente com a criatividade e a ousadia individual é possível adquirirmos conhecimentos culturais, econômicos e sociais, incluindo os avanços tecnológicos, decidindo, assim, a ascensão do futuro da humanidade. Se isso instigou você lá dentro é porque chegou a hora de despertar. Aproveite. Blog oficial: http://cronicaseabsinto.blogspot.com.br

Presas - A dádiva da Escuridão - Marco de Moraes
A vida de um homem tem um novo início a partir da abertura dos seus olhos em plena cegueira que perdura por longos caminhos em que sua visão nada alcançava além de obviedades presas por suas limitações ante o desespero da perda de tudo: de tempo, de lugar, de nome. A luta do personagem, narrador deste livro, se dará pelo decorrer da sua busca pelo que emerge em pedaços de recordações, mistura de pesadelos e a sua realidade enfadonha, carregada de fardos que parecem não ter fim. Os dias de luz se foram; os filhos da noite se manifestaram e dominaram todos os cantos das noites profundas que perduram até a última gota de sangue maldita ser derramada.




Da boca pra dentro - Yohana Sanfer
A vida de um homem tem um novo início a partir da abertura dos seus olhos em plena cegueira que perdura por longos caminhos em que sua visão nada alcançava além de obviedades presas por suas limitações ante o desespero da perda de tudo: de tempo, de lugar, de nome. A luta do personagem, narrador deste livro, se dará pelo decorrer da sua busca pelo que emerge em pedaços de recordações, mistura de pesadelos e a sua realidade enfadonha, carregada de fardos que parecem não ter fim. Os dias de luz se foram; os filhos da noite se manifestaram e dominaram todos os cantos das noites profundas que perduram até a última gota de sangue maldita ser derramada.

Vou aproveitar o espaço para mostrar as cartinhas que chegaram no Troca de Cartas. Esse mês chegaram cinco (esqueci de colocar uma na foto) e eu enviei 13 (kkkk) Espero que esse mês de junho chegue mais (: As cartas que chegaram foram:
Elaine Neckel
Luana de Miranda - 588 TDC
Aline de Campos - 466 TDC
Fernanda Késia - 961 TDC
Isabella Faria - 786 TDC
E o meu número é o 696, mas se você não participa do projeto e quer me enviar uma carta, tem meu endereço em contato. 


Marcadores do mês de maio.

Espero que tenham gostado da minha primeira Caixinha de Correio. E eu espero que as próximas sejam bem recheadas assim <3 Até mais!


7 comentários:

  1. Caixinha recheada hein Eli
    Amei!
    Beijos
    http://garotaliterary.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. Adorei a sua caixinha e reparei que você a faz igual eu faço, com a sinopse dos livros, o que eu acho bacana, pois dá uma ideia melhor do livro que foi recebido, no entanto eu não farei mais assim, pois o post fica muito extenso :c kkkk Quanto aos livros recebidos, alguns eu irei receber, pois fechei parceria também e fico feliz em saber que muitos blogueiros estão sendo aceitos pelos autores, mesmo que eles não sejam muito famosos *-*
    Os marcadores estão lindos e achei bem bacana esse negócio de cartas, embora não entenda muito sobre kkkk

    Beijos :*
    Larissa - Srta. Bookaholic

    ResponderExcluir
  3. Haha, a minha tá quase tão recheada quanto a sua, principalmente por também receber quase os mesmos livros. Dá uma emoçãozinha no coração de estar "vivendo" de blog *--*. Post excelente e, senhor, acho que nunca vi tanto marcador junto na minha vida... Continue assim ^-
    ^

    ResponderExcluir
  4. Estou louca pra fazer a caixinha do correio lá do blog, mas lá só dá pra postar uma foto em cada post, dá pra acreditar? Argh! Que raiva! Fica tão lindo assim, com várias fotos... Enfim, tá tudo liindo por aqui, como sempre! Quantos marcadores lindos o/

    Thati;
    http://nemteconto.org

    ResponderExcluir
  5. Minino quanto livro, também recebi o Maga de Camelot, já estou lendo e gostando muito. Quantos livros e marcadores né?! Ficou bem recheada esse mês. Parabéns, sucesso.
    http://www.marcasliterarias.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  6. Quantos livros legais! <3 Já ouvi falar nesse último, parece ser bem legal! Amei seu blog, já estou seguindo aqui. Beijos :3

    http://senhoritadeallstar.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Que caixinha mais bacana, eim! Este "O mago de Camelot", pela sinopse, parece ser muito bom!

    Beijos, in-convencional.blogspot.com !

    ResponderExcluir

Próxima Página