29 de mar de 2014

Resenha - O menino do pijama listrado

Título: O Menino do Pijama Listrado
Autor: John Boyne
N° de páginas: 192
Selo: Cia. das Letras

Sinopse via Skoob

Bruno tem nove anos e não sabe nada sobre o Holocausto e a Solução Final contra os judeus. Também não faz idéia que seu país está em guerra com boa parte da Europa, e muito menos que sua família está envolvida no conflito. Na verdade, Bruno sabe apenas que foi obrigado a abandonar a espaçosa casa em que vivia em Berlim e a mudar-se para uma região desolada, onde ele não tem ninguém para brincar nem nada para fazer. Da janela do quarto, Bruno pode ver uma cerca, e para além dela centenas de pessoas de pijama, que sempre o deixam com frio na barriga.
Em uma de suas andanças Bruno conhece Shmuel, um garoto do outro lado da cerca que curiosamente nasceu no mesmo dia que ele. Conforme a amizade dos dois se intensifica, Bruno vai aos poucos tentando elucidar o mistério que ronda as atividades de seu pai. O menino do pijama listrado é uma fábula sobre amizade em tempos de guerra, e sobre o que acontece quando a inocência é colocada diante de um monstro terrível e inimaginável.


O menino do pijama listrado foi um dos livros mais rápidos que li, a história se passa durante a Segunda Guerra Mundial. Conta a história de um menino alemão chamado Bruno que mora na Alemanha e se muda para uma casa próximo a um campo de concentração, pois seu pai, um general nazista foi designado a comandar aquele local. Bruno tem um espírito aventureiro e explorador, que em uma de suas aventuras, conhece Shmuel, um garoto judeu que ficava na parte de dentro do campo de concentração e usava roupas parecidas com pijamas. 
Toda história é contada aos olhos de Bruno, que tem um olhar inocente e preconceituoso, porém, essa característica se dá pelo ambiente que o menino foi criado. 
A história tem como personagem principal a AMIZADE, pois os dois meninos que estavam fadados a serem grandes inimigos naquela sociedade, rompem isso com toda a inocência infantil.
O fim é triste e te faz pensar como aquilo acontecia naquela época. O livro me fez ver o período da Segunda Guerra com outros olhos, me fez pensar se aquilo poderia realmente ter acontecido. 
E sobre a parte técnica, a capa é muito bonita, e a organização sem erros torna a leitura mais agradável. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Próxima Página