14 de mar de 2014

Você Sabia? Dia Nacional da Poesia

Você sabia que existe um dia dedicado a poesia nacional? Pois é, o dia 14 de março é o Dia Nacional da Poesia. A data foi criada em homenagem a Antônio Frederico de Castro Alves, o famoso Castro Alves, que ficou conhecido como poeta dos escravos, pois lutou arduamente pela abolição da escravatura  no Brasil. Ele foi considerado um dos mais brilhantes poetas românticos brasileiros. Para comemorar a data selecionei alguns poemas para você apreciar. Boa Leitura !

Noite de Amor - Castro Alves
PASSAVA a lua pelo azul do espaço

De teu regaço
A namorar o alvor!
Como era tema no seu brando lume...
Tive ciúme
De ver tanto amor.

Como de um cisne alvinitentes plumas
Iam as brumas
A vagar nos céus,
Gemia a brisa — perfumando a rosa —
Terna, queixosa
Nos cabelos teus.

Que noite santa! Sempre o lábio mudo
A dizer tudo
A suspirar paixão
De espaço a espaço — um fervoroso beijo
E após o beijo
E tu dizias — "Não!... "

Eu fui a brisa, tu me foste a rosa,
Fui mariposa
— Tu me foste a luz!
Brisa — beijei-te; mariposa — ardi-me,
E hoje me oprime
Do martírio a cruz

E agora quando na montanha o vento
Geme lamento
De infinito amor,
Buscando debalde te escutar as juras
Não mais venturas...
Só me resta a dor.

Seria um sonho aquela noite errante?...
Diz', minha amante!...
Foi real... bem sei...
Ai! não me negues... Diz-me a lua, o vento
Diz-me o tormento...
Que por ti penei!


Autopsicografia - Fernando Pessoa
O poeta é um fingidor.
Finge tão completamente
Que chega a fingir que é dor
A dor que deveras sente.
E os que leem o que escreve,

Na dor lida sentem bem,
Não as duas que ele teve,
Mas só a que eles não têm.
E assim nas calhas de roda

Gira, a entreter a razão,
Esse comboio de corda
Que se chama coração.
Geometria dos Ventos - Rachel de Queiroz
Eis que temos aqui a Poesia, 
a grande Poesia. 
Que não oferece signos 
nem linguagem específica, não respeita 
sequer os limites do idioma. Ela flui, como um rio. 
como o sangue nas artérias, 
tão espontânea que nem se sabe como foi escrita. 
E ao mesmo tempo tão elaborada 
feito uma flor na sua perfeição minuciosa, 
um cristal que se arranca da terra
já dentro da geometria impecável
da sua lapidação. 
Onde se conta uma história, 
onde se vive um delírio; onde a condição humana 
exacerba, 
até à fronteira da loucura, 
junto com Vincent e os seus girassóis de fogo, 
à sombra de Eva Braun, envolta no mistério ao
mesmo tempo 
fácil e insolúvel da sua tragédia. 
Sim, é o encontro com a Poesia

Poema de Sete Faces - Carlos Drummont de Andrade
Quando nasci, um anjo torto
desses que vivem na sombra
disse: Vai, Carlos! ser gauche na vida.

As casas espiam os homens
que correm atrás de mulheres.
A tarde talvez fosse azul,
não houvesse tantos desejos.

O bonde passa cheio de pernas:
pernas brancas pretas amarelas.
Para que tanta perna, meu Deus, pergunta meu coração.
Porém meus olhos
não perguntam nada.

O homem atrás do bigode
é sério, simples e forte.
Quase não conversa.
Tem poucos, raros amigos
o homem atrás dos óculos e do bigode.

Meu Deus, por que me abandonaste
se sabias que eu não era Deus
se sabias que eu era fraco.

Mundo mundo vasto mundo,
se eu me chamasse Raimundo
seria uma rima, não seria uma solução.
Mundo mundo vasto mundo,
mais vasto é meu coração.

Eu não devia te dizer
mas essa lua
mas esse conhaque
botam a gente comovido como o diabo.

Diva - José de Alencar
Diva um romance urbano
Seu amor encontrou
Augusto era médico
E sua vida salvou.

Emília declarou também amar
Mais augusto Diva já queria
Augusto ficou confuso
Com qual das duas ficaria.

Augusto se declara
Emília diz não mas o amor
Por fim augusto seu amor renega
E diz que com Diva vou ficar.

Eram heróis perfeitos
Um obstáculo para o amor
Emília ainda triste
Pois seu amor não encontrou.

Chegou então
A declaração final
E seu amor encontrou
Viveu por muitos anos
E sempre a sua família se dedicou.

3 comentários:

  1. Ta ai ia morrer sem saber disso, :o
    Muito interessante, adorei.

    ResponderExcluir
  2. Olá!
    Que coisa maravilhosa este dia. Concordo que todos os dias sejam dias de poesia, mas separar um dia para lembrá-la penso que seja bom e adorável. A poesia fala das coisas da alma seria tão bom se todo mundo gostasse dela não é mesmo!

    =)
    Um abraço! :n

    ResponderExcluir
  3. Dia de poesia é maravilhoso!
    Bom demais termos um dia para comemorar esta arte linda!

    Saudações aos poetas! :a

    ResponderExcluir

Próxima Página